imuê

Formado por um coletivo de pesquisadoras de diversas áreas, o imuê – instituto mulheres e economia – busca desenvolver pesquisas em colaboração com lideranças e organizações da sociedade civil. O objetivo de nosso trabalho é descrever a economia tal como percebida e vivida por mulheres em geral consideradas beneficiárias, mas não formuladoras, de projetos de desenvolvimento econômico.

Procuramos pensar com a luta de mulheres indígenas e mulheres do campo por seus direitos territoriais; redes de trocas entre mulheres; circulação de conhecimento entre mulheres, famílias e gerações; cadeias de produção agroecológica; mulheres e mercados urbanos; experimentos locais com moedas sociais ou digitais; noções de futuro que guiam a economia doméstica; o impacto de benefícios e projetos sociais voltados a mulheres; entre muitos outros temas.

A pergunta que guia o coletivo de pesquisadoras do imuê é: o que as mulheres em diferentes regiões do país e com diferentes perspectivas culturais, étnicas, raciais e de classe podem nos ensinar sobre a economia tal como vivida no cotidiano? Espera-se, com isso, ampliar os debates sobre desenvolvimento econômico e assim contribuir para a formulação colaborativa de políticas que promovam a justiça econômica e igualdade étnico-racial e de gênero.